87 anos de Vida e Missão

     Contar a nossa história é um procedimento repetitivo, porém importante e inspirador. Iniciamos em Tucuruvi como Ponto de Pregação e Congregação da Igreja Metodista do bairro da Luz em São Paulo.

    Éramos no final de 1921 apenas um “sonho” daquela Igreja e uma meta da sua Comissão de Evangelização a ser alcançada em 1922. Vários membros da Luz aqui residentes desejavam um “ponto de pregações” mais próximo de suas casas neste lado da Capital.

     É de se admitir que ao organizar a agenda para 1922 a Comissão de Evangelização da Igreja Mãe, após estudos de viabilidade, resolveu que a partir de janeiro seguinte a igreja teria o seu Ponto de Pregação na área central do Tucuruvi, inicialmente na casa do casal Joaquim Rodrigues de Moraes e Hercília de Moraes e sua família, contando com a Comissão vinda da Luz e as famílias aqui radicadas, sendo o seu primeiro culto com escola dominical no dia 8 de janeiro de 1922, no final da Av. Ataliba Leonel, onde se encontra a rua Nery, nome de uma das famílias da nova igreja, instalando-se meses depois em um salão alugado na Av. Tucuruvi, próximo à estação do Trenzinho da Cantareira, hoje próximo ao Metrô e Shopping Tucuruvi.

     No final do primeiro ano algumas famílias Presbiterianas das regiões dos “jardins” e central da cidade agregaram-se aos metodistas. Os meios de transporte de passageiros para o Centro era muito difícil, por isso o interesse dessas famílias pelo ponto de pregação. O Trenzinho da Cantareira, o principal meio de transporte de passageiros, tinha o seu final na região do Mercado Municipal no centro da cidade.

     Foram tempos difíceis para os metodistas, mudaram de endereço várias vezes, instalando-se novamente na casa de outro de seus membros, até finalmente em 1926, instalarem-se em prédio próprio em faze de acabamento, na Av. Tucuruvi, 621, esquina com a rua Baraquessaba, passando a Igreja Autônoma em 16 de outubro de 1927 por decisão do Concílio Regional reunido na IM-Brás, permanecendo nesse endereço até 1962, mudando-se para a Rua Ausônia, com o atual templo com os apartamentos nos fundos em construção, inaugurados em outubro de 1966, restando a torre que ficou pronta em meados de 1984, bem como o prédio ao lado com as salas hoje conhecidas.

     87 anos são motivo de gratidão a Deus, pois Ele nos tem sustentado. As bênçãos foram em forma de paciência dos pioneiros que perseveraram na Fé e certamente em oração enquanto Ponto de Pregação e Congregação, sonhando ser uma Igreja evangelizadora, instrumento de Deus que transforma pessoas fazendo-as aptas a povoar o Reino de Deus e estar com Ele na Eternidade.

     Nesse contar de bênçãos nos referimos com frequência à conquista de um lugar melhor onde nos reunir como igreja. Certamente isto é grande benção, indica crescimento e mais pessoas aos pés do Senhor Jesus. Uma casa bonita e confortável também é bênção, afinal Deus merece o nosso melhor, mas a maior bênção que temos alcançado nesses 92 anos como comunidade metodista a serviço do povo em Tucuruvi são as pessoas alcançadas pelo Evangelho. Com certeza Deus nos tem sustentado todo esse tempo, mas nós temos produzido frutos que correspondam a esse tempo que Deus nos tem dado? Quantas pessoas passaram pela IM-Tucuruvi, e quantas somos hoje?

     No nosso Livro de Registro Permanente de Membros, há um termo de abertura assinado pelo pastor Euclides Raimundo Tavares, com data de 16 de abril de 1955. Até essa data não tínhamos o nosso Livro de Rol de Membros. A igreja tinha um registro provisório de controle das entradas e saídas dos seus membros, e os nomes dos componentes da Congregação encontravam-se no Rol da IM-Luz.

       Na Folha 1, na coluna “Observações” há as seguintes informações copiadas do Rol de Membros da IM-Luz: “A Igreja Metodista do Tucuruvi foi organizada pela Conferência Anual Central Brasileira reunida na cidade de São Paulo de 14 a 18 de outubro de 1927”. O pastor da IM-Luz e sua Congregação em Tucuruvi era o Rev. Elias Escobar Júnior, que fazia parte da Comissão encarregada de organizar a nova igreja. Também se encontra ali a informação de que o pastor Elias, foi o primeiro pastor nomeado para Tucuruvi, agora Autônoma, continuando à frente da IM-Luz.

      Lá está registrado que “as primeiras reuniões metodistas em Tucuruvi foram na casa do casal sr. Joaquim Rodrigues de Moraes e sua esposa da. Hercília de Moraes, sendo ela a primeira superintendente da Escola Dominical”. Dos membros da IM-Luz pertencentes a Congregação 19 foram transferidos para o Rol da IM-Tucuruvi. Essas informações foram copiadas dos documentos da IM-Luz.

       De 1º. de novembro de1927 a 1º. de novembro de 2014 nosso rol registra 1951 membros sob a responsabilidade de 32 pastores, contando nossos amados Marisete e Cláudio de Carvalho, com destaque para o fato de que no decorrer desse 87º ano foram recebidos 12 membros à comunhão da igreja e outros 8 membros serão recebidos nos próximos dias.

       Louvamos a Deus e declaramos que até aqui nos ajudou o SENHOR!   

 

Com Estimas

Ridaut Dias Silva

Membro da IM em Tucuruvi

Ministério de Comunicação da IM em Tucuruvi

Celebrações aos Domingos, às 9h e às 19h

Rua Ausônia, 310, Tucuruvi, São Paulo/SP

(11) 2203.8658 | comunicacao.tucuruvi@gmail.com

 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon

Jesus te ama

e eu também!

© 2013 by MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO