SOMOS O QUE PENSAMOS!

“Assim como você pensa na sua alma, assim você é” - Provérbios 23.7

 

Li recentemente um texto nas paginas da Internet, algo que se refere ao que devemos pensar e guardar em nossa mente e coração. O titulo do texto é “Ciência explica por que reclamar altera negativamente o cérebro”.

 

Lembrei neste momento em que lia, do que nos diz Filipenses 4, 8 “quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”.

 

E porque me lembrei de Filipenses? O texto da internet nos leva a compreender que se fazemos da reclamação um momento de fuga ou ate mesmo desabafo, nós incorremos em uma pratica que leva a um estado negativo, “ouvir alguém reclamar, mesmo que seja você mesmo, nunca fez bem”.

 

O Autor Donald Hebb, afirma “Sinapses que disparam juntas, se mantém juntas”, que é uma maneira concisa de compreender a essência da neuroplasticidade, a ciência de como o cérebro constrói suas conexões com base em tudo a que é repetidamente exposto. Negatividade e reclamações irão reproduzir mais do mesmo, como essa teoria destaca. Explica ainda: E o principio é simples: em todo o seu cérebro há uma coleção de sinapses (responsáveis por transmitir as informações de uma célula para outra) separadas por espaços vazios chamados de fenda sináptica. Sempre que você tem um pensamento, uma sinapse dispara uma reação química através da fenda para outra sinapse, construindo assim uma ponte por onde um sinal elétrico pode atravessar, carregando a informação relevante do seu pensamento durante a descarga.

http://www.psicologiasdobrasil.com.br/ciencia-explica-porque-reclamar-altera-negativamente-o-cerebro/#ixzz44aMDriuu

 

Deus é maravilhoso! Pensou nos mínimos detalhes. Em João 8,32 nos mostra que o conhecimento da Verdade nos libertará de todo sentimento negativo, mentiras, inverdades, da angustia, depressão.

 

Hoje temos vivido uma avalanche de noticias ruim de nossa nação, dentro do contexto político, econômico e social, diminuindo as nossas chances de sermos felizes, de acreditar na paz, na segurança; enfim, ao ouvirmos a voz de Deus somos fortalecidos pelo seu chamado pleno, integralmente na alegria na paz e no amor.

 

Minha indicação nesta complexidade entre fé e ciência é que as oportunidades nos levem a ouvir mais a voz de Deus e nos deixemos ser envolvidos e conduzidos por Ele. Não se deixe abater, olhe para o alto e confie.

 

Com bons pensamentos

 

Graça e Paz!

Revda. Marisete A. T. Carvalho

Rev. Claudio de Carvalho

Pastores na IM em Tucuruvi