Quem você acha que vai ganhar?

1Co 9.24-27

 

Estamos chegando a mais uma Copa do Mundo, e desta vez será aqui em terras brasileiras, o País do Futebol.

 

Quando assisto a um jogo, aquilo que mais quero saber é quem vai ganhar. E queremos que seja o nosso time! No meu caso o São Paulo Futebol Clube, o Tricolor querido! Como é emocionante ir ao estádio e ver nosso time.

 

Faço do texto acima o motivo desta palavra:

24 Vocês não sabem que dentre todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio. 25 Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre. 26 Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar. 27 Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado.

 

O aposto Paulo faz menção de fatos do esporte para falar da vida Cristã. A cidade de Coríntios também era importante nos esportes, assim como a Grécia. E Paulo usa isso e nos ajuda a descobrir quem será vencedor. Será vencedor aquele que:

  • Em primeiro lugar correr com um alvo. Paulo diz: “não corro como quem corre sem alvo”. Ele sabia que quem corresse nas competições sem um objetivo, não iria chegar a lugar algum. É por isso que na vida cristã deve haver um foco, um alvo. Em Fp 3.14 diz: O nosso alvo é o prêmio que está em Cristo Jesus. O nosso alvo é ser igual a Cristo.

  • Em segundo lugar luta contra um inimigo definido. Paulo diz: “não luto como quem esmurra o ar”. Os lutadores também lutavam nos estádios. Os seus socos tinham que atingir o oponente. Esmurrar o ar era só no treinamento. Na vida cristã é a mesma coisa. É pra valer! E contra quem lutamos? “...pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais" (Ef 6.12).

  • Em terceiro lugar aquele que consegue fazer o espírito dominar sobre a carne. O que será que Paulo quis dizer com “esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo”. Ele se autoflagelava? Obviamente que não. Ele está falando sobre a disciplina do espírito sobre a carne. É assim que você vencerá a luta, o jogo, a corrida.

  • Em quarto e ultimo lugar ganha quem alcançar o prêmio já vencido por Jesus Cristo. É importante lembrar que nada do que fizermos nos fará merecedores do prêmio. Paulo compara o prêmio que os atletas da sua época levavam para casa. Era uma coroa vegetal, de louros, que murchava e se desfazia. Mas a cora que alguém alcança em Cristo é incorruptível! (v.25).

  • Em Hebreus, também há menção de um estádio lotado de testemunhas de uma corrida. Ele diz: “Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que a nós é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé.

 

Quem vai ganhar?

 

Ganha aquele que colocar os olhos em Cristo. Aquele que não corre segundo suas próprias forças.

 

(Adaptado)

Com Estimas

Rev. Claudio de Carvalho

Pastor na IM em Tucuruvi

Celebrações aos Domingos, às 9h e às 19h

Rua Ausônia, 310, Tucuruvi, São Paulo/SP

(11) 2203.8658 | comunicacao.tucuruvi@gmail.com

 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon

Jesus te ama

e eu também!

© 2013 by MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO